Qual a diferença entre as Stratocasters dos anos 50, 60 e 70's?

Qual a diferença entre as Stratocasters dos anos 50, 60 e 70's?
Postado em: Notícias
Por Guitarshop
Mais deste autor

Qual a diferença entre as Stratocasters dos anos 50, 60 e 70's?

A Fender apresentou a Stratocaster ao mundo em 1954. Mas eles não pararam para dar tapinhas nas costas um do outro, pelo trabalho bem feito. Leo e sua equipe trabalharam continuamente para melhorar o som, o estilo e a sensação da guitarra mais popular de todos os tempos.

As alterações feitas na Strat foram fortemente influenciadas pela música popular da época, bem como por características desejáveis ​​e um mercado em constante evolução, de guitarras que ultrapassam as fronteiras vendidas para compradores mais experientes.

Leo Fender fazia regularmente pequenas atualizações no conceito original da Strat. Em vez de recriar um modelo para cada ano, as linhas modernas Vintera e American Original da Fender visam capturar a essência de cada década única. A marca Squier Offshoot Fender também adapta suas guitarras às mesmas décadas importantes de inovação em guitarras. Aqui está o que torna as Strats dos anos 50, 60 e 70 únicas.

Strats dos anos 50

Os primeiros lotes das Strats ofereceu uma mistura de estética elegante, timbre inovador e tocabilidade, que definiu tendências. Foi a faísca da guitarra elétrica aclamada por guitarristas icônicos dos anos 50, como Buddy Holly e Hank Marvin.

Ash foi a madeira escolhida para fazer o corpo, braço e escala foi construído em Maple. Uma das primeiras características exclusivas da Strat dos anos cinquenta era seu braço em forma de “V”, que tinha uma seção central profunda e lados estreitos. Também havia um raio de escala curvilíneo de 7,25”, mas a Fender optou por construir guitarras American Original com um 9,5” mais plano, que foi introduzido no final da década.

O trio de captadores single coil parecia agressivo e dinâmico. Eles permitiram que os guitarristas tocassem acordes de som mais densos com melhor manuseio de níveis baixos de saturação do amplificador valvulado. Ao mesmo tempo, um som Clean era igualmente possível com o uso da ponte tremolo e um pouco de eco.

Principais características do American Original 50s Strat

- Corpo de Ash com acabamento em laca

- Três captadores Stratocaster de single coil Pure Vintage 59’s

- Perfil de braço espesso em forma de “V” suave

- Raio de escala de 9,5”

 

Strats dos anos 60

O que muitos consideram o auge do design da Strat, os anos 60 viram o instrumento ser refinado e otimizado para guitarristas mais técnicos. Esta é a década em que nomes como Jimi Hendrix, Eric Clapton, Ritchie Blackmore, George Harrison e muitos outros defenderam pela primeira vez a Strat.

Houve algumas mudanças estilísticas, como uma atualização do escudo da cor branca para mint green, uma série de novas cores ousadas e uma mudança de um braço de Maple para Rosewood, mas as principais atualizações vieram na forma de som e sensação.

Principais características da American Original '60s Strat

- Corpo de Alder com acabamento em laca

- Três captadores Stratocaster de single coil Pure Vintage 65’s

- Perfil do braço espesso em forma de “60’s C”

- Escala de raio de 9,5” 

Strats dos anos 70

Os anos setenta foram uma época estranha para Fender. O fundador Leo Fender vendeu a empresa para a CBS em 1965 e, na virada da década, a rede de transmissão estava influenciando fortemente a produção de guitarras.

É aqui que encontramos o maior desvio nas especificações Strat. O acabamento de nitrocelulose foi substituído por poliuretano, os escudos de celulóide foram transferidos para ABS ou vinil e as incrustações de pontos de argila foram substituídas por perolóide. Até os corpos das guitarras estavam menos curvos do que antes. Outras características notáveis ​​incluem o headstock superdimensionado e o braço em forma de “C” ligeiramente mais robusto, que nos modelos posteriores se tornou mais um “U”.

Pela primeira vez, você poderia obter uma Strat com um captador humbucker em uma configuração HSS, alcançando níveis cada vez mais altos de ganho no crescimento dos gêneros de hard rock. Muitos guitarristas considerariam este, o layout de captação ideal.

Principais recursos do Vintera 70s Strat

- Cabeçote superdimensionado

- Braço em forma de C do início dos anos 70

- Captadores mais altos, incluindo configuração HSS

 

26 de agosto de 2021
Comentários